Miguel Esteves Cardoso

Coisas nossas. A doença saudosa que mata quem a sente.

“O assunto mais português bem pode ser a saudade – até eu, há vinte anos atrás, escrevi uma tese de doutoramento sobre ela -, mas só depois de se ter realmente perdido, por morte, um pai ou um grande amigo (mas nunca, mesmo com boa vontade, uma coloniazinha como Macau), é que se entende que a saudade é um erro, um erro que não tem culpa, que se segue, como consequência previsível e merecida, da culpa de um erro que em nossa vida – e parece que de propósito – se comete.
A saudade, a bem ver – e quem nos dera sermos ainda mais cegos do que somos – é um castigo, uma penitência. O que dói quando alguém morre não é tanto a morte daquela pessoa amada, como a continuação em vida de quem a lembra…”

Explicações de português – de Miguel Esteves Cardoso

One response to “Miguel Esteves Cardoso

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s